• Falha no sistema de informática complica mais uma licitação de publicidade

    Convocada para a tarde de terça, 16/04, a concorrência eletrônica COE 001/2023 da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) precisou ser suspensa e transferida para o dia seguinte.

    Publicidade
    Publicidade

    Motivo? Problemas com o formato digital da disputa.

    A Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom/PR) bem que está tentando incentivar os órgãos federais a migrarem suas licitações de publicidade para a informatização.

    Ou seja, em vez das tradicionais sessões presenciais, em que representantes das agências levam suas pastas impressas, eles subiriam os arquivos digitais com propostas, peças, portfolio etc. para o servidor da contratante.

    E daí, através de videoconferência, assistiriam os materiais serem conferidos.

    Só que, para isso, obviamente, ou o TI do dito cujo órgão segura a onda, ou ninguém vai conseguir surfar direito na internet.

    A mesma situação aconteceu, há poucas semanas, na concorrência do Banco do Brasil. Agências tentavam logar e não conseguiam.

    Buscavam conferir se seus arquivos haviam chegados na integra e nada. O BB foi obrigado a adiar, alegando ter havido “questionamentos”. Sim, claro, estavam questionando sobre a integridade dos materiais enviados!

    Segundo amigos da Janela, no caso da Caesb, por exemplo, tanto o arquivo com a proposta identificada quanto o que teria a proposta de preços tinham que ter senha. E a senha precisava ser mandada para a Comissão de Licitação poder abrir os materiais.

    Com apenas 10 agências participando — AV, Cafeina, Danza, Escala, Klimt, Ksulo, Mene Portella, Nine, Nova e View360 –, teve agência que não conseguiu ver a senha funcionar, outra (como havia ocorrido no caso do BB) não conseguiu confirmar recebimento e daí por diante.

    E parou tudo para ver se até o dia seguinte consertam.

    Fica a questão: os computadores de Brasília estão preparados para a modernidade?

    (Ilustração cedida à Janela por Depositphotos.com)

    Publicidade

    LEIA TAMBÉM NA JANELA

    BB adia novamente sua concorrência e frustra agências brigando pela conta de R$ 750 milhões (em 02/04/2024)

    Caesb volta a licitar sua publicidade, agora com verba de R$ 12 milhões (em 31/08/2023)

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, Rádio Tupi FM, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


    seta
    ×