• Conar cria GT para debater normas da publicidade de apostas esportivas

    Seguindo a orientação da Medida Provisória publicada esta semana pela Presidência da República, o Conar começou a se preparar para debater as normas para a publicidade das bets.

    Publicidade
    Publicidade

    O Conar constituiu agora um Grupo de Trabalho da Publicidade de Apostas Esportivas, contando com a participação das entidades dedicadas à área de apostas, como o Instituto Brasileiro de Jogo Responsável (IBJR) e a Associação Nacional de Jogos e Loterias (ANJL).

    Pelo acordo, participarão do Grupo de Trabalho Adriana Machado (Abap), Ana Paula Silveira (IAB Brasil), André Gelfi (IBJR), Arthur Silva (IBJR), Cássio Filter (IBJR), Célio Belém (ABA), Danielle Bibas (ABA), Natalia Kuchar (IAB Brasil), Rafael Soriano (ANER), Rodolfo. F. de Souza Salema (ABERT), Renata Regino (IAB Brasil), Tiago Aguiar (ABA), Urbano Sampaio Neto (IAB Brasil), Wanessa Bezerra Vieira (IAB Brasil) e Wesley Cardia (ANJL), além de Juliana Albuquerque, Fernanda Carrilho e Ernesto Morita, do corpo técnico do Conar.

    Estes integrantes discutirão o estabelecimento de regras de autorregulamentação, podendo estipular restrições adicionais às que estão em vigor, até para, a partir da análise das normas internacionais, pensar na proteção do consumidor e dos grupos vulneráveis, em particular de crianças e adolescentes.

    Segundo a assessoria de imprensa do Conar, também serão pensadas as formas de monitorar a implementação das regras e o exame das queixas que os consumidores vierem a fazer sobre os anúncios veiculados pelas bets.

    Publicidade

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, Rádio Tupi FM, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


    Discussão

    1. Luís Vargas

      Excelente iniciativa! Apostas e jogos são atividades sensíveis a “desvios”…!

    seta