• Ministério da Saúde vai para a mídia contra a tuberculose

    Nova/SB para Ministério da Saúde: Tuberculose

    Criticado durante o último governo por sua parcimônia em lançar campanhas educativas, o Ministério da Saúde está botando esta semana mais uma campanha na rua, a segunda desde o início do ano, quando lançou o Movimento Nacional pela Vacinação.

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Agora, o foco é o combate à tuberculose, atacando a desinformação e o preconceito em relação à segunda doença que mais mata no mundo.

    Com criação da Nova/SB — agência que também assinou a campanha contra a tuberculose de 2018 –, o MS apresentou nesta sexta-feira, 24/03, as peças que vão estimular a população a buscar um diagnóstico precoce da doença, já que apenas 50% dos infectados são diagnosticados, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

    E, assim como também aconteceu na campanha da vacinação, esta procura reforçar a imagem do Sistema Único de Saúde (SUS), destacando que a sua estrutura está preparada tanto para o teste como para o acolhimento e o tratamento das pessoas com a patologia.

    “Quem tem tuberculose nunca tá sozinho. O SUS tá junto com você nessa luta. Tamo junto com você nessa luta”, diz uma das mensagens. O diretor de criação, Paulo Lima, comenta que “o desconhecimento da população está entre os principais desafios no combate à tuberculose”.

    A campanha vai até 12 de abril, nas praças de Manaus, Belém, Rio Branco, Recife e Rio de Janeiro, dentro da estratégia de regionalização da mídia de considerar os estados que concentram maior número de infectados. As peças entrarão em TV aberta e segmentada, rádio, internet, DOOH e OOH.

    Publicidade
    Ficha Técnica:

    Agência: Nova/SB
    Cliente: Ministério Da Saúde
    Campanha: Tuberculose 2023
    Vp De Criação: Thomaz Munster
    Direção De Criação: Paulo Lima
    Direção De Arte: Adolfo Palhares
    Direção De Atendimento: Ana Paula Terra
    Atendimento Agência: Andressa Ribas e Francisco Brasil
    Direção De Mídia: Estanley Cunha
    Estratégia De Mídia: Fernanda Tonelli e Erica Castro
    Planejamento: Renata Prado e Lucas Garbulha
    Produção Gráfica: Ticiana Rocha, Renata Félix e Jadson Douglas
    Produção Digital: Jonathas Gomes e Jadson Douglas
    Rtv: Carolina Martins e Rafael Sousa
    Produtora De Vídeo: Ça Va Artes e Produções Ltda.
    Diretora De Cena: Carla Nobre
    Diretor De Fotografia: Tiago Cauduro
    Produtora De Áudio: Sonido Produções Artísticas
    Aprovação Cliente: Maria Elisa Andries Dos Reis, Yole Mendonça, Cláudio Evaristo, Juliana Vieira, Nathália Gardini e Rafael Atuchi

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, Rádio Tupi FM, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


    Discussão

    1. ANTONIO ACCIOLY

      Quando será que o Ministerio da Saude vai à mídia pedrir desculpas por ter acreditado nesta “pandemídia” engendrada pela OMS ?

    seta
    ×