• Câmara de Vereadores do Rio reduz a verba de publicidade da Prefeitura para 2023

    Camara Municipal do Rio de Janeiro - Plenario 2022

    Uma emenda do vereador Paulo Pinheiro (PSOL) retirou, esta semana, R$ 100 milhões dos R$ 167,6 milhões — um corte de 60% — da verba de publicidade que a Prefeitura do Rio pretendia aprovar para a Lei Orçamentária Anual de 2023.

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade

    Com a manobra da oposição, Eduardo Paes poderá ter que arcar com menos disponibilidade de investimentos em sua comunicação no próximo ano do que alcançou em 2022, quando a LOA estabeleceu R$ 129,8 milhões para a área.

    Segundo a emenda de Pinheiro, aqueles R$ 100 milhões retirados da publicidade deverão ir para a área de saúde.

    Esta não é a primeira iniciativa de Paulo Pinheiro contra os investimentos de publicidade no município. No planejamento para o exercício de 2017 — quando Eduardo Paes também ocupava o executivo –, ele chegou a apresentar a emenda aditiva 2959/2016, estabelecendo um teto máximo de gastos com publicidade de 0,2% do valor global realizado com investimentos no exercício anterior.

    De qualquer forma, analistas apontam que haverá uma brecha para que Paes não fique sem poder se comunicar com a população através das campanhas previstas para o próximo ano, já que, na aprovação, terça-feira, 13/12, do PL 1513/2022, do Poder Executivo, o prefeito teria uma margem de 30% para remanejamentos à sua disposição.

    Procurada, a Prefeitura do Rio não se manifestou a respeito até o fechamento desta matéria.

    Publicidade
    Publicidade

    Marcio Ehrlich

    Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, Rádio Tupi FM, TV S e TV E.

    Envie um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


    seta
    ×