Publicidade: Alfa

Petrobras aprova DPZ&T e Propeg mas causa mal estar em avaliação

EM PRIMEIRA MÃO – Sem explicar exatamente os motivos, a Petrobras classificou as agências Propeg e DPZ&T — vencedoras das fases jurídica, fiscal, técnica e econômico-financeira da sua concorrência e, portanto, as próximas responsáveis pela sua publicidade — como de “Risco Médio” na avaliação do GRI – Grau de Risco de Integridade.

A avaliação causou um mal estar no mercado, já que deixou no ar os motivos pelos quais não teriam sido avaliadas como de “Baixo Risco” duas das principais e mais sólidas agências de publicidade do mercado nacional.

A análise do GRI foi instituida como parte do programa anti-corrupção da empresa. O índice é verificado a partir da avaliação dos seguintes itens, como explica o site da petroleira: Perfil da empresa, Relacionamento com agentes públicos, Histórico, Relacionamento com terceiros e Programa de Integridade.

Segundo o comunicado da empresa, a determinação do GRI da Heads e da Ogilvy não foi realizada nesta etapa “tendo em vista que Propeg e a DPZ&T são as licitantes em vias de ser julgadas vencedoras”. A Petrobras informa que, “somente em caso de necessidade”, isto acontecerá.

De acordo com o edital de licitação, em até 30 dias a partir da assinatura do seu contrato com a Petrobras, as agências deverão apresentar um plano de aperfeiçoamento e monitoramento do seu programa de integridade, que deverá ser aprovado formalmente pela Petrobras, com prazos, atividades, responsáveis e demais aspectos do planejamento de aprimoramento e/ou implementação dos 16 parâmetros de programas de integridade previstos no artigo 42 do Decreto 8.420/15.

Os resultados da fase técnica da concorrência foram dados em primeira mão pela Janela, em 22 de fevereiro último.

Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta