Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 22/JUN/2001
Marcio Ehrlich

 

Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Monitor Mercantil.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.

Brasil fica com 21 filmes finalistas em Cannes

(Clique nesta linha para fazer o download do arquivo Excel com a relação mundial completa do shortlist)
Depois que o jurado brasileiro de filmes, Sílvio Matos, informou oficiosamente a alguns jornalistas que o Brasil só teria em torno de 8 trabalhos no shortlist, quando a informação oficial saiu, com 21 filmes, muita gente comemorou os resultados, ainda que a quantidade seja menor que 10% dos quase 400 trabalhos inscritos.
As agências do Rio, mais uma vez, não conseguiram emplacar nenhum trabalho na relação, participando da lista, porém, através das produtoras Yes, Dueto e TV Zero, com comerciais para as agências F/Nazca, DM9DDB, Leo Burnett e Young & Rubicam.
Nesta sexta-feira, o Palais deve lotar para a exibição do rolo completo do shortlist. Os resultados com os vencedores saem apenas no sábado, em torno das 12 horas (local), que para vocês, no Brasil, é 7 da manhã.
Estes foram os 21 finalistas brasileiros, por ordem de agência, e ainda com as informações de título, produto, anunciante e número da categoria:
* (sem agência) / Pardon / Aids-Prevention Campaign / GGB (Gay Group of Bahia) / Lux Filmes / 25
* age. / Moans / Men / MTV Erótica / MTV Brazil / 20
* AlmapBBDO / 90 Degrees / Bayro Pain Relief Gel / Bayer / 10
* AlmapBBDO / Cockroach / Mizuno wave shoes / Alpargatas / Jodaf / 13
* AlmapBBDO / Beckham / Pepsi cola / Pepsi cola co. / @radical.media new York / 2
* AlmapBBDO / Ignorant / Sperm bank / Sapientiae Institute Associate / Academia de Filmes / 29
* DM9DDB / Cramped / Airline / Airbus / TAM Airlines / O2 Filmes / 16
* DM9DDB / Band / Airline / flights to Frankfurt / TAM Airlines / Trattoria di Frame / 16
* DM9DDB / Faces / Modern art museum / MASP / Museum Of Modern Art / Vertical Filmes / 17
* DM9DDB / Truck / Sedex Express delivery / Brazilian Postal Service / Dueto / 23
* DM9DDB / Mugging / Sedex Express delivery / Brazilian Postal Service / O2 Filmes / 23
* DM9DDB / Factory / Bohemia beer corporate / Antarctica Brewery / Cia ilustrada / 27
* F/Nazca Saatchi & Saatchi / Headache / Jewellery / Natan / Yes Rio de Janeiro / 26
* F/Nazca Saatchi & Saatchi / Factory / Music festival sponsorship / Ambev / Zero Filmes / 27
* F/Nazca Saatchi & Saatchi / Eyes / Rainforest Preservation Campaign / Fundação SOS Mata Atlântica / Zero Filmes / 28
* F/Nazca Saatchi & Saatchi / Experience / Impermeable paint / Suvinil / Zero Filmes / 7
* Fischer América / Referee flag / Peg & fale gol cell phone / Telesp Celular / S Filmes / 21
* Grey Worldwide / Magnet / Milk with iron / Itambé / 5.6 / 4
* Leo Burnett / Kiss / Sinex decongestant / Procter & Gamble / Quem eu? / 10
* Leo Burnett / Daughter / Anti-suicide Campaign / SP Police Department / TV Zero Rio de Janeiro / 28
* Young & Rubicam / Personalities / Corporate Image / ANJ (Brazilian newspaper Association) / Dueto / 27

Tendências para um futuro imaginário

DE CANNES - Quando eu comecei a frequentar o festival de Cannes -- já lá se vão 9 anos --, vim atraído não apenas pelos queijos e vinhos nacionais (vou mentir para quê?) como pela promessa que veteranos como Mauro Matos e Fontoura faziam de que aqui se podia conhecer as tendências da publicidade mundial. Tudo o que de melhor era produzido e veiculado no mundo inteiro se reunia na grande tela do Palais. Que melhor lugar para aprender as novidades?
Tinha muita porcaria, claro, porque na vida real, cliente adora aprovar porcaria. Mas quem conseguia achar a fórmula para vender seu produto criativamente acabava consagrado pelos júris e pelos delegados.
Hoje confesso que me pergunto o que sobrou para aprender em Cannes, além do fato de que, como os queijos e vinhos, as "moules" e as ostras também não são de se jogar fora?
Tirando o preço da passagem e da hospedagem, que justificam os prazeres do paladar, será que vale pagar os quase 2 mil dólares da inscrição para ver trabalhos de clientes que não existem ou que nem sabem que estão sendo usados para que suas agências possam ganhar prêmio?
Já que nunca foram veiculados, quais as tendências apontadas pelos trabalhos fantasmas -- hoje representando mais de 50% do material exibido aqui?
Por favor, leitores, me respondam pelo e-mail [email protected]: se o objetivo não é se ver o que está sendo veiculado no mundo e sim o que se gostaria que fosse veiculado, será que não haverá uma forma mais barata de se fazer isso?

Café com Croisette

O comando da Propeg-Rio -- Cyd Alvares e Ercílio Tranjan, figuras frequentes nas longas projeções de comerciais do Palais --, se deslocou para o bar do Martinez no final de noite de quarta-feira.

Cahique Equi, da Staff, está aproveitando os dias maravilhosos que têm feito em Cannes para circular pela Croisette com Edson Campos, da Magic Chorus, a bordo de um Peugeot Cabriolet.

Três cariocas exilados em São Paulo se encontram no indefectíveel fim de noite do bar do Hotel Martinez: Eduardo Martins (F/Nazca), Marcello Serpa (AlmapBBDO) e Fábio Fernandes (F/Nazca)

Antes de partirem para o Martinez, Marcello Noronha, da Staff, a diretora de comerciais Lúcia Novaes e Luiz Nogueira, da McCann, aproveitam a festa na praia do Hotel Carlton para colocar o papo em dia.

A festa do Press & Poster, em plena praia do Hotel Carlton, juntou André Nassar (Leo Burnett), Rodolfo Sampaio (Salles), Bruno Prósperi (Leo Burnett), Rodrigo Mendonça (Salles), Otávio Schiavon (Leo) e Xavier Llecaussy (Xerox).

Cannes é um grande ponto de encontro. Na festa do P&P, Chiquinho Luchinni (Propeg), Líbero Saporetti (Atmosfera), Gustavo Nogueira (Carillo Pastore) e André Havt (Propeg) brindam os resultados brasileiros.

A premiada família Tikhomiroff -- João Daniel, Sérgio e Michel --, da produtora Jodaf,   degusta sua bière enquanto aguarda mesa no disputado Le Moule Rit.

Criativos da cúpula da Thompson -- Bob Gueiros, do Rio, e Darcy Fonseca, de São Paulo --, estrearam com suas esposas a ladeira do Souquet, consagrada pelos brasileiros como "Le Pelourin", no próprio domingo, jantando no Auberge Provencal.

A elegância do casal carioca de diretores de arte Heleno Bernardi (Casa da Criação) e Alessa Migani (Standard) enfeitou a ladeira do "Pelorin"   na noite de segunda-feira.

Brasileiros foram barrados no baile
por problema de telefone no Palais

O hábito de deixar para se inscrever diretamente no Palais para fugir ao ágio que a Promocine cobrava nas inscrições funcionou como uma terrível armadilha para muitos brasileiros. Mais de uma dúzia deles -- entre os quais os cariocas Cahique Equi, Marcello Noronha, José Luis Vaz e Antônio Accioly -- tiveram o uso de seus cartões de crédito bloqueado no momento da inscrição por problemas na conexão dos organizadores do Festival com as operadoras. Como dólares não são aceitos aqui, quem conseguiu sair correndo e sacar francos suficientes nos caixas automáticos da cidade para pagar as inscrições ainda ontem conseguiu entrar no Palais. Os que não conseguiram vão ter o dia de hoje para tentar, sob o risco de ficar de fora do Festival.
À noite, nos encontros dos brasileiros no "Pelorin", a conversa era de revolta, porque na hora da crise, diziam os prejudicados, não havia ninguém do jornal Estado de São Paulo -- o novo representante brasileiro do Festival de Cannes -- para tentar ajudar a nossa delegação.
Estadão recusa responsabilidade por atrasados
Em declaração à Janela, o diretor do jornal Estado de São Paulo, Ênio Vergeiro, rebateu as críticas dos publicitários brasileiros que tiveram problemas com as inscrições (veja nota abaixo), alegando que a responsabilidade do jornal, como representante do Festival de Cannes no Brasil, se encerrou no dia 11 de junho, quando terminou o prazo oficial das inscrições. "Se eles deixaram para fazer as inscrições em cima da hora e a secretaria do festival não conseguiu passar os cartões, em que eu poderia ajudar? Eu é que não teria como passar os cartões deles", respondeu Vergeiro.
Como uma coincidência curiosa para ilustrar os novos tempos do Festival de Cannes, em que os brasileiros passaram a ter que cuidar das suas próprias inscrições e de seus problemas com a organização, com os mesmos privilégios dos delegados de todo o mundo, logo em seguida à conversa com o diretor do Estadão, este colunista cruzou no Palais com o antigo representante brasileiro de Cannes, Luis Antônio Ribeiro Pinto, da Promocine -- que se auto-intitulava Presidente da Delegação Brasileira. Vestindo bermuda, Pinto circulava leve e sorridente, totalmente alheio aos problemas dos brasileiros que, em anos passados, desde o primeiro dia já estavam no seu pé cobrando as soluções para enfrentar as desorganizações do Festival. Dificuldades que, justiça seja feita, ele realmente procurava resolver para quem lhe interessava.

Rio leva Ouro em Cyber, entre
54 trabalhos finalistas do Brasil

O Brasil aproveitou 54 dos seus 375 banners e sites inscritos no Cyber Lions de Cannes. A Giovanni FCB foi a única agência de propaganda do Rio a emplacar um finalista em Cyber, trabalho para um inseticida de seu cliente Ceras Johnson. Mas a vitória mesmo do mercado carioca ficou nas mão de outro trabalho, criado pela Promon*IP para o filme "Final Fantasy", que acabou levando um Leão de Ouro.
Subsidiária do Grupo Promon Tecnologia, a Promon*IP é uma provedora e integradora de soluções para infra-estrutura de Internet, abrangendo e-business, construção de mercados eletrônicos e implementação de Intranet, entre outros serviços. Com site em www.promonip.com.br, a empresa tem escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre e, no ano 2000, teve um faturamento de R$ 190 milhões com clientes como AT&T, Banco Itaú, Brasil Telecom, Grupo Martins, Grupo Pão de Açúcar, Intelig, Telefônica, Telemar, Souza Cruz, Varig e Vale do Rio Doce, segundo informou seu diretor Rodrigo Abreu.

Rio emplaca meia dúzia de imprensa

DE CANNES - Como todo ano, a (des)organização do Festival de Cannes está enlouquecendo os jornalistas presentes ao abrir a exposição dos finalistas do Press & Poster às 9 da manhã (daqui, claro) e marcar para divulgar a relação destes trabalhos apenas às 6 da tarde. Como se eles já não tivessem a lista para ter montado os trabalhos...
O resultado disso é que os pobres coleguinhas do Blue Bus, do Propaganda & Marketing e das outras dezenas de sites brasileiros de publicidade que estão aqui cobrindo o evento, estão tendo que percorrer painel por painel e trabalho por trabalho exposto, para relacionar, no método pentadigital (com a mão, mesmo) quais são os brasileiros. Não esqueçam que tanto as poucas peças verdadeiras quanto os milhares de fantasmas foram todos vertidos para o inglês, complicando a identificação da origem.
Pelas contas do pessoal, o Brasil incluiu entre 140 e 150 finalistas de Press & Poster. O Rio meteu uns 6 nesse bolo. A Giovanni FCB levou um anúncio e um poster para o site Aonde, que reproduzem aquele passatempo de "caça-palavras". E também uma peça para o Prêmio O Globo de Propaganda. A Thompson-Rio ficou com dois posters para a Brasil Telecom, com o título "Internet para deficientes visuais" (um símbolo da arroba e um emoticom de sorriso impressos em relevo seco). A agência também teve creditado a ela um anúncio para um fio dental Close-Up, da Gessy, que, no entanto, está gerando dúvidas na relação da imprensa já que existe um relacionado no catálogo do festival como sendo da Thompson São Paulo. E, finalmente, a Salles-Rio incluiu unzinho só da sua série Selos, presente há 3 anos no Festival. Desta vez, para o selo de um passarinho, colado sobre a imagem de uma floresta.
Agora, é aguardar pelos leões.

Cannes: Terra Brasilis

DE CANNES - A sensação de quem está aqui no Festival é que não ficou ninguém no Brasil para tomar conta da lojinha. Onde quer que se vá, encontra-se alguém falando português como se estivéssemos em Miami ou Nova York. Pelas avaliações iniciais -- tenham calma, poxa, acabamos de chegar -- serão pelo menos 300 brasileiros circulando pelos restaurantes de Cannes durante esta semana, um número bastante superior aos 200 que esta coluna avaliou na semana passada.
Como não vai faltar site brasileiro de publicidade para relacionar quais fantasmas brasileiros conseguiram certificado internacional de autenticidade, a Janela, que este ano só conseguiu mandar seu solitário editor vai se dedicar aos comentários e registros gerais sobre a participação tupiniquim.

 

Diesel leva GP e Rio fica fora do Press & Poster

Uma campanha do jeans Diesel utilizando apenas modelos negros foi a vencedora do GP do Press & Poster de Cannes, concurso em que o Brasil, líder no volume de inscrições, também saiu liderando na quantidade de Leões. A bem da verdade, quem levou tudo mesmo foi São Paulo, com 16 prêmios para as agências Almap BBDO, Carillo Pastore, DM9DDB, DPZ, F/Nazca, Giovanni-SP, Grottera.com, Leo Burnett, Ogilvy e Young & Rubicam. Para conseguir a listagem completa dos Leões do Press & Poster, em formato do Excel, clique "aqui".
Nenhum dos seis finalistas do Rio conseguiu Leão, frustrando a equipe carioca presente ao festival. Divulgada no final da tarde a listagem oficial do Press & Poster, a Giovanni foi confirmada com mais uma peça para o jornal O Globo. Com a oficialização do anúncio do Fio Dental Close-Up para a Thompson-Rio, o mercado carioca acabou ficando com 8 trabalhos na lista de finalistas
brasileiros.

Rio investiu R$ 100 mil no Press & Poster

As agências cariocas inscreveram 179 trabalhos no Press & Poster do Festival de Cannes, num total de R$ 100 mil de investimento apenas neste concurso. O maior volume foi da Giovanni, que inscreveu 53 peças para colocar 3 como finalistas. Em seguida veio a Salles, que inscreveu 38 e classificou uma. Esta é a tabela das inscrições cariocas, segundo listagem fornecida pelo jornal O Estado de São Paulo, representante do Festival de Cannes no Brasil:
Agência

Peças

Valor Pago

Ad Hoc

24

R$ 13.440,00

Artplan

4

R$ 2.240,00

Commente

1

R$ 560,00

Carioca

2

R$ 1.120,00

Contemporâea

14

R$ 7.840,00

Doctor

1

R$ 560,00

DPZ

4

R$ 2.240,00

Fischer

14

R$ 7.840,00

Giovanni FCB

53

R$ 29.680,00

J.W.Thompson

10

R$ 5.600,00

McCann

9

R$ 5.040,00

Salles

38

R$ 21.280,00

Staff

5

R$ 2.800,00

TOTAL

179

R$ 100.240,00

MKTMIX

* PARABÉNS PARA VOCÊ - A Janela se abre para comemorar o próximos aniversários do mercado:
23/06, sábado: Andréa Pinto, Andrea Dalaby
24/06, domingo: Abelardo Cid (Diretor de Contas da DPZ), Sani Sirotsky, Edberto Dutra (Redator da Carioca);
25/06, segunda-feira: Luis Cláudio Siqueira (Redator da Elan Garden), Fabiana Pomposelli (Diretora de Arte da V&S);
26/06, terça-feira: Maria Célia Salgado (Diretora de Criação da Tática), Clarissa Passos (Redatora da Qg);
27/06, quarta-feira: Daniel Gama (Redator da Publicis.Norton);
28/06, quinta-feira: Arnaldo Cardoso Pires, Kátia Viola (Executiva de Contas Senior da Staff), Alexandre Simas (Redator da Staff)
* ÊXODO - A sensação de quem está aqui no Festival é que não ficou ninguém no Brasil para tomar conta do lojinha. Onde quer que se vá, encontra-se alguém falando português como se estivéssemos em Miami ou Nova York. Pelas avaliações iniciais - já que o festival não conseguiu fazer uma confirmação oficial até agora - foram pelo menos 300 brasileiros circulando pelos restaurantes de Cannes durante esta semana, um número bastante superior aos 200 que esta coluna avaliou na semana passada.
* ANTI-APAGÃO - Um publicitário brasileiro comentava feliz: "uma das melhores coisas de estar em Cannes é poder chegar ao hotel e ligar todas as luzes e o ar condicionado!". Aliás, Cannes vai ajudar muito publicitário a cumprir sua meta de racionalização de luz. Eu mesmo, antes de viajar, dispensei a faxineira, desliguei a geladeira e o stand-by do videocassete. Estou gastando uma nota preta aqui, mas no Brasil vou economizar o que o FHC me pediu.
* EXPECTATIVA REVERSA - Na fogueira das vaidades, quem está sendo incinerada é a DM9DDB, cuja estratégia de ter ficado um ano fora do festival para entrar com tudo desta vez - comentam os mais maldosos - ainda não provou ter funcionado. Principalmente depois que a agência lotou as edições atuais das revistas Desfile e Pais & Filhos, da nova Bloch, com anúncios que só apareceram nelas. No Press & Poster, a DM9DDB só conseguiu Leão para duas versões - o anúncio e o poster - de uma única peça, o papa-moscas faminto que já havia ganho o Fiap. Ao menos os Leões foram ouro.
* ESCATOLOGIA - Se alguém lhe disser que este ano o festival estava uma m., talvez a pessoa esteja lhe passando uma informação literal. Não só o dito cujo produto fecal está presente em vários trabalhos, como nunca se viu tanta privada em mídia impressa e em filmes. Tem até comercial com o fiofó escancarado para vender um lavatório com jato dirigido. Recomenda-se não levar sanduíche para comer dentro do auditório...
* CAINDO NA REAL - O futuro é negro para as instituições de caridade brasileiras, se continuar prevalecendo a tese de Bob Isherwoord, presidente do júri atual, de que o festival de Cannes só tem que premiar clientes de produtos e serviços, que verdadeiramente disputem o interesse e o dinheiro do consumidor. Desse jeito, ano que vem nenhuma agência vai mais se oferecer para fazer campanhas para a Associação dos Portadores de Deficiência Melanínica ou outra patologia do gênero.
* MAIS LEÃO - Ano que vem Cannes vai julgar também Marketing Direto. Já imaginaram? Vai valer até inscrição de script de telemarketing!!!
* CCRJ - O presidente do Clube de Criação do Rio, André Eppinghaus, aproveitou a reunião de cariocas em Cannes para montar a sua chapa de situação para as próximas eleições. Já estão confirmados Fernando Campos para presidente e José Luis Vaz para vice, tendo ainda no grupo Ercílio Tranjan e Marcello Noronha.
* PARCERIA - A Scama, do Rio, acaba de lançar seu novo site (www.scama.com.br), ao mesmo tempo em que anuncia uma parceria com a empresa Point of View, responsável pela criação do site da BMG, Click 2 Music, entre outros, para o desenvolvimento de projetos Web, somando as capacidades das duas empresas em publicidade e Internet. Este novo site da Scama é a primeira amostra desta união. Para conhecer a Point of View, o endereço é www.pov.com.br.
* PRÊMIO NO SUL - Nesta sexta a Doctor estará comemorando os 2 Galos de Ouro, 1 de Prata e 1 de Bronze, além de 2 short list, que conquistou no 13º Festival Mundial Publicitário de Gramado. A agência foi a mais premiada do Rio no Festival, que teve mais de 1.300 peças inscritas por 124 agências do Brasil, Uruguai, Japão, México, Estados Unidos e outros.