Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 01/JUN/2001
Marcio Ehrlich

 

Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Monitor Mercantil.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.

Agências brasileiras mostram ótima saúde financeira com inscrição recorde em Cannes

Cannes LionsO mercado brasileiro de agências de publicidade está passando pelo seu melhor momento nos últimos anos, demonstrando uma saúde financeira de tal maneira pujante que o país terá uma de suas mais volumosas participações no Festival Internacional de Cannes, que acontece de 18 a 23 de junho próximos.
Segundo as informações divulgadas pelo representante do festival no Brasil, o jornal Estado de São Paulo, as agências brasileiras inscreverão 378 filmes, 1880 anúncios e posters, 375 banners e 53 cases de mídia. Considerando-se um custo de R$ 1.070,00 por filme e R$ 560,00 para as demais inscrições, a publicidade brasileira comemorará seus lucros em 2000 e 2001 enviando diretamente para o caixa do festival, apenas para disputar Leões, a soma de R$ 1,7 milhões. Se somarmos a isso uma presença de no mínimo 200 publicitários brasileiros inscritos no concurso a R$ 3..980,00 por inscrição, mais passagens aéreas e estadia, pode-se garantir um investimento superior a 3,6 milhões de reais das agências brasileiras no concurso.
Cemitério aberto
Pelos números divulgados, o Brasil também levará na sua bagagem o maior número de fantasmas jamais desenterrados no país. Percebendo a total impossibilidade de a organização de Cannes detectar se qualquer banner foi efetivamente veiculado na Internet e se qualquer poster teve tiragem maior do que um, o Brasil vai correr atrás das fartas pontuações do Festival de Cannes, que já permitiram, por exemplo, que a DM9 fosse Agência do Ano baseada na soma de pontos nos concursos de Cyber e Press & Poster, sem ter conseguido sequer um ouro em filme.
É do Brasil a liderança nas inscrições do 10ª Press & Poster, superando países provavelmente de economia mais pobre, como Estados Unidos (1.158), Espanha (997), Alemanha (799) e Inglaterra (700). O Brasil também demonstrará a força da sua Internet, liderando no Cyber Lions com os 375 banners que ultrapassando as 301 inscrições americanas, país cuja publicidade on-line ainda não é tão desenvolvida.
Nas premiações de Filmes e Media, porém, nossas agências se descuidaram e deixaram outros países passar à frente. Os Estados Unidos vão levar 1.238 filmes e a Inglaterra 539. A mesma situação se repetiu no Media Lions, com os Estados Unidos concorrendo com 97 trabalhos e a Inglaterra com 78.
Recorde
Ajudado por países do primeiro mundo como o Brasil, Cannes Lions 2001 terá o recorde absoluto de inscrições nos seus 48 anos de história, com 18.893 peças de 81 países: 6.117 comerciais, 10.762 anúncios e pôsteres, 1.471 banners e sites e 543 cases de mídia.
Que venha o apagão em junho! Os publicitários brasileiros estaremos todos ao sol de Cannes.

Festival de Gramado, que antecipa Cannes, define seus júris e prorroga inscrições

O 13º Festival Internacional de Gramado, que acontece de 13 a 15 de junho naquela cidade gaúcha, já está com os seus júris definidos, sendo três deles com publicitários cariocas como presidentes. O júri de Mídia Exterior, que se realiza pela primeira vez, será presidido pelo editor desta Janela. O de Rádio, por Marcos Silveira, da agência Doctor, e o de Internet, por Lula Vieira, da V&S. O júri de TV terá o diretor João Daniel Tikhomiroff, da Jodaf, como presidente, e o de Mídia Impressa terá Luis Bassat, da Ogilvy, no cargo.
As inscrições para o festival vão até 5 de junho e as informações para participar estão no site www.festivalgramado.com.br. O diretor do evento, João Firme, diz que já há 22 países inscritos, com um volume de trabalhos que deve chegar a 3000. Além disso, para as palestras paralelas ao concurso, já estão inscritos 1.320 participantes.

Extra lança fotonovela com patrocínio da Caixa

A partir de 11 de junho, o jornal carioca Extra retoma a tradição brasileira da fotonovela, com o patrocínio da Caixa Econômica, produção da CaradeCão e direção de Gustavo Machado. O título será "Corações Aflitos", com histórias de 12 capítulos publicados de segunda a sábado, se passando dentro de um hospital.
O patrocínio da Caixa, além do espaço publicitário no jornal, se manifestará através de merchandising na própria história, com a utilização pelos personagens dos principais produtos da empresa.
A última fotonovela produzida no Brasil, segundo informação de Paulo Éboli, do InfoGlobo, foi em 1988. Para testar a viabilidade do projeto, foi feita uma pesquisa qualitativa entre mulheres de 20 a 50 anos, que demonstrou saudades das faixas de maior idade e curiosidade entre as consumidoras mais jovens.
A campanha, criada pela Contemporânea, por enquanto será veiculada apenas em mídia exterior e no próprio jornal, onde já está no ar com teasers.

Gorou negociação entre V&S e Fischer América

Dada como certa por alguns jornalistas do mercado, acabou não frutificando a noticiada compra da agência carioca V&S — dirigida pelos publicitários Valdir Siqueira e Lula Vieira — pelo Grupo Total, controlador da Fischer América. As negociações foram canceladas no final da última semana, logo após o retorno de Eduardo Fischer de sua viagem ao Japão.
Comunicado oficial do Grupo Total justificou a desistência por problemas de conflitos entre contas, já que a Fischer atende Ponto Frio e a V&S atende a Sendas, ambos concorrentes na área de eletrodomésticos. Mas chegaram a circular em publicações especializadas do mercado informações de que também teria havido discrepâncias entre os valores declarados e os auditados do passivo da agência de Lula e Valdir, levando à desistência do negócio.

Estudantes da UFRJ promovem ciclo de palestras de publicidade

Entre os dias 04 e 08 de junho, o mercado de trabalho será levado por estudantes para a universidade. É a proposta do Interseção, evento que, pela segunda vez, agitará os corredores da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
O projeto nasceu em 2000, quando estudantes do curso de Publicidade e Propaganda da UFRJ, percebendo a distância entre a Universidade e o mercado, decidiram se mobilizar e mudar este quadro. Orientados pela professora Mônica Machado, criaram o Interseção, um ciclo de palestras com convidados em atividade no mercado publicitário.
Em sua segunda edição, o Interseção ganhou mais dias de evento. Os estudantes terão agora cinco dias para complementarem seu aprendizado teórico com as experiências práticas de profissionais como Roberto Medina (marketing social), Sandra Chemin (publicidade na Internet), Roberto Duailibi (criação publicitária), entre outros.
O Interseção contará com uma sala para entrevistas coletivas, antes do início das palestras, e um espaço na TV comunitária, canal 14 da NET -, onde serão exibidos posteriormente os melhores momentos do evento e entrevistas com os palestrantes.
O evento acontece no Auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (Av. Pasteur 250, Praia Vermelha - Rio), com inscrições para alunos da UFRJ em R$3.00 e para não-alunos em R$5.00.
Maiores informações em www.intersecao.cjb.net

MKTMIX

PARABÉNS PARA VOCÊ – A Janela se abre para comemorar o próximos aniversários do mercado:
01/06, sexta-feira: Leila Duarte (Secretária Executiva da ABP-Ass.Bras.de Propaganda), Eline Antunes (Diretora de Contas da McCann Erickson);
02/06, sábado: Adhemar Campos (diretor de arte), Ernani Gouvêa (diretor de arte), José Humberto Affonseca;
03/06, domingo: Carlos Estevão (diretor de arte), Lúcia Mendes de Moraes (Diretora de Arte da Ilimitada JG), Melissa Rodrigues (Atendimento da Millenn)
04/06, segunda-feira: Gláucio Binder (Diretor de Unidade de Negócios da Fischer América Rio), Maria Alice Langoni, Bruno Castro (Diretor de Arte da Carioca), Marcelo Langame (Diretor de Arte da Eco), Luciana Vieira (Atendimento da ID&A);
05/06, terça-feira: Rodrigo Mendonça (Redator da Salles D’Arcy), Monique Bonelli (Coordenador de Mídia da V&S), Marcello Sartori
06/06, quarta-feira: Jairo Carneiro, Adriana Ribeiro;
07/06, quinta-feira: Uajdi Moreira.
Adriano Matos* PONTE AÉREA - O redator Adriano Matos, um dos 10 mais premiados do último Colunistas-Rio, deixa a Comunicação Carioca para integrar a equipe da Salles D'Arcyu em São Paulo, comandada por Marcelo Giannini. Ele seria um dos representantes do Rio na delegação de Young Creatives no Festival de Cannes deste ano, mas agora já vai à França como paulista. :)
* ANUÁRIO - O CCRJ está marcando para 8 de agosto, no Outeiro da Gloria, a festa de lançamento do Anuário do Clube de Criação do Rio de Janeiro, com o resultado das seleções "Melhor do Rio 2000". A festa foi adiada devido à demora na entrega dos trabalhos premiados por suas agências.
* CARTAS - As correspondências para a Janela devem ser enviadas para a Rua Eurico Cruz, 15/2.andar, cep 22461-200, Rio - RJ, ou para o e-mail [email protected] Não deixe de visitar também a edição on-line da coluna, em www.janela.com.br.