Janela Publicitária    
 
  Publicada desde 15/07/1977.
Na Web desde 12/07/1996.
 

Janela Publicitária - Edição de 14/JUL/1995
Marcio Ehrlich

 

Esta edição da Janela Publicitária foi publicada originalmente no jornal Monitor Mercantil.
O seu conteúdo foi escaneado e transcrito para ficar à disposição de consultas pela internet.

Marcos Silveira leva a conta da Duloren para Mental Mark

x
Marcos Silveira recebeu em junho deste colunista o diploma de Profissional de Propaganda do Ano do Prêmio Colunistas-Rio.

Poucos meses depois de entrar na V&S dentro do processo de absorção do escritório carioca da Young & Rubicam, Marcos Silveira, diretor de criação nas duas agências, parte para uma nova fase em sua vida. Esta semana ele deixa a V&S e já na segunda-feira assume como diretor associado da agência Mental Mark, levando consigo a conta da Duloren e três outros publicitários que também vieram da Young: o diretor de arte Bruno Prósperi, a diretora de atendimento Andrea Gesser e a supervisora de conta Erica Rabello.
A Mental Mark é uma agência de porte médio presidida pelo diretor de arte Valter "Falcon" Vicente e que faturou, em 1994, US$ 4 milhões. Com 39 funcionários, a Mental Mark tem, entre seus principais clientes, a Sony Music, UAB Seguros, Grupo Tianá e a Telelistas, para quem a Mental Mark faz os anúncios das pequenas empresas que não têm agências e estarão veiculando nas Páginas Amarelas. Este ano, ela conquistou a conta da Casas Pernambucanas que, segundo Falcon, permitiria sua agência fechar 1995 com um faturamento de US$ 14 milhões. A chegada da Duloren alterou esta previsão para US$ 18 milhões em 1995.
No começo desta semana a Mental Mark já tinha noticiado outra mudança: a contratação de Jairo Carneiro, ex-presidente da Associação Brasileira de Propaganda-ABP, como seu novo vice-presidente executivo.
Jairo havia deixado na última semana a sociedade que tinha há três anos na Intermeios, com Petrônio Correa Filho e o falecido Paulo Penteado, fechando no Rio o escritório da Intermeios.
V&S não perde
O presidente da V&S, Valdir Siqueira, e seu vice­presidente de criação, Lula Vieira, adiantam que a agência mantém o projeto de continuar atendendo os demais clientes vindos da Young, entre os quais Mesbla Móveis e Lufthansa, que responderão este ano por um faturamento em torno de US$ 5 milhões. Lula é de opinião que a solução de absorção da Young-Rio pela V&S foi extremamente proveitosa tanto para sua agência, que pôde ampliar as suas instalações, como para os clientes da Young, que ganharam uma estrutura maior. A V&S, hoje, conta com 95 funcionários.
Lula garante que sua agência não terá uma perda significativa com a saída da Duloren, que ano passado na Young não superou em faturamento a quantia de US$ 2 milhões e este ano, na V&S, ficaria na mesma faixa.
Na equipe da agência, aliás, continuam os dois ganhadores de Leão em Cannes: Silvio Matos como redator e José Guilherme Vereza como diretor de criação. A única situação ainda não definida entre os profissionais que foram da Young-Rio é a do redator Sérgio de Paula, que voltou atrás em seu pedido de demissão feito na última semana.

Petrobras troca institucional

A Petrobras tem novo superintendente de comunicação institucional em sua holding. Mário Divo entra no lugar de Carlos Leonam e se torna o responsável por soltar, nos próximos dias, a licitação para a conta publicitária do órgão.
A publicação do Edital já está passando do prazo, já que o contrato da Petrobras com suas agências termina em setembro e até lá tanto a holding como a BR Distribuidora precisam ter novos fornecedores contratados para não ser obrigada a parar de anunciar.

Conta do SESI vai pra Caio

A Caio foi a vencedora da concorrência pela conta do Sesi-Rio, ligado à Firjan. No valor de R$ 1,5 milhão, a licitação colocou na disputa 10 agências: Artplan, Caio, Contemporânea, Cult, GR.3, MPM, Pubblicità, Publinews e V&S.
Até agosto a Caio coloca no ar os novos trabalhos institucionais do órgão e a comunicação publicitária dos produtos que ele oferece às indústrias.

Contemporânea muda estrutura

Apesar de ninguém da diretoria da agência querer falar a respeito, a Contemporânea está desativando a sua estrutura de Núcleos e reestruturando toda a sua operação a partir deste mês, inclusive voltando a reunir a criação em apenas um ambiente.
Desde que foram criados, há pouco mais de cinco anos, os Núcleos - unidades autônomas de atendimento e criação - foram responsáveis pelas maiores reclamações de todos os profissionais de criação que passaram pela agência, alguns chegando a creditar àquelas estruturas a queda da performance criativa da Contemporânea nos últimos anos.

Ferrari aumenta equipe e contas

Antônio Bastos, ex-diretor da P&B, é o novo contratado da Ferrari Propaganda para dirigir o departamento de novos negócios da agência. Com a entrada de Bastos, a Ferrari passa a atender contas como Lufthansa, Casa Titus, Lojas Dragão, entre outras.
E na criação da agência, entraram o diretor de arte Adelir Silva e o redator Cláudio Ortman, ambos ex-Contemporânea.
A Ferrari, aliás, abriu mão da conta da Cell Center, menos de 6 meses depois de conquistá-la. A conta passou para a JVA.

Delano pode voltar ao Rio

Delano D'Ávila deixou a direção de criação da Grottera em São Paulo, por questões pessoas incontornáveis dentro da empresa. Carioca, Delano mudou-se especialmente para São Paulo para assumir o posto, onde ficara dois anos. Com a saída, a criação passou a ser comandada por Cibar Cáceres Ruiz, como vice-presidente, com a missão, segundo a agência, de "elevar definitivamente o padrão criativo da Grottera ao patamar das dez melhores agências do mercado", completando o trabalho iniciado pelo diretor de arte carioca.
Delano ainda não definiu se continua em São Paulo ou volta para o Rio, estudando as propostas que tem surgido nestes dois sentidos. Mas ele está aberto a conversar com quem telefonar para sua própria casa, em São Paulo, pelo telefone (011) 881-2739.

Fabio Siqueira e José MonserratJanela do Tempo

Há 18 anos, quando começou, a Janela Publicitária promovia uma premiação chamada Seleção da Janela, que reunia - na casa de seus colunistas ­ profissionais de criação e atendimento para escolher os melhores anúncios publicados na imprensa carioca.
Esta foto mostra um flagrante da escolha com um jovem talento e um dos ícones da criação carioca. À esquerda, Fabinho Siqueira, hoje diretor de criação da MPM Lintas. E ao seu lado, José Monserrat Filho, então presidente e fundador do Clube de Criação do Rio.

MKTMIX MKTMIX

• PARABÉNS PRA VOCÊ - A Janela se abre para comemorar os próximos aniversários do mercado: Dia 14: Carlos Pedrosa (Pubblicità & Esquire), José Zaragoza (DPZ) e Paulo de Tarso (Free); Dia 17: Caio César Valli (Artplan); Dia 18: Armando Strozenberg (Contemporânea); Dia 19: Paulo Antônio Magoulas.
• NOVIDADES - A Publinews, agência dirigida por Fernando Mothé, comemorou dia 11 a passagem de 35 anos de atividade e a conquista da conta do Jornal dos Sports. Da agência, aliás, saiu Jesus Pereira, que era diretor de Desenvolvimento e Novos Negócios. Ele assumiu a direção de Marketing da LBS Esquadrias e Madeiras.
• EM OPERAÇÕES - Jadilson Almeida e Henrique Neves estão assumindo cargos na área de Operações da Contemporânea. Jadilson vai atuar com Margarida Barbosa Lima e Henrique com Júlio César Martins. Ambos trabalharam na Provarejo e na Young-Rio.
• AGÊNCIA COM QI - João Pecegueiro do Amaral esta agora com sua própria assessoria, a QI Marketing Comunicação, que tem, entre outros clientes, a AIG Interamericana de Seguros, onde ele próprio atuou por sete anos como diretor de Marketing. A QI funciona em Jacarepaguá, com o telefone (021) 445-0006.
• DESFRUTANDO - A Aroldo Araujo está com nova conta - a Casa Rocha Bastos, uma importadora de alimentos que vão de passas a bacalhau e que passou a apresentá-los todos sob a marca Califrut.
• SEM PRESSA - Vai demorar um pouco o resultado da concorrência da Michelin, deixando as oito agências participantes roendo as unhas. No meio do processo, dois diretores que decidiriam a contratação tiraram férias por duas semanas.
• CARTAS - Correspondências para a Janela devem ser enviadas para a Praia de Botafogo, 340 grupo 210, CEP 22250-040, telefone (021) 552-4141. Ou via Internet, pelo e-mail [email protected]