Publicidade: Alfa

Brasil começa devagar em Cannes 2017. Australiano “Meet Graham” já garantiu GP.

"Meet Graham", da ClemengerBBDO, da Austrália

A Australia ficou com o GP de Health & Wellness, no primeiro dia de divulgação de resultados de Cannes. Como esperado, foi para o badaladíssimo “Meet Graham”, da ClemengerBBDO, de Melbourne, para o Transport Accident Comission Victoria, que constava de 10 entre 10 listas de previsões de prêmios em Cannes 2017. Aliás, da mesma região que, em 2013, bombou em Cannes com “Dumb Ways to Die”, assinado pela McCann de Melbourne para o Metro.

Nas três áreas deste primeiro dia — Health & Wellness, Pharma e Innovation –, o Brasil ficou com apenas 14 trabalhos nos shorlists, com o Rio aparecendo com “Emoti Sounds“, da Artplan para Live Tim, finalista em Health & Wellness entre os oito da categoria.

Nos Leões de H&W, não passamos de dois Bronzes, um para “Iris & Thula“, da AlmapBBDO para Whiskas / Mars Pet e “Amazon Warriors – Safe Collection“, da Little George (Ketchum) para Ananse.

Em Pharma, foram cinco finalistas brasileiros, quatro para Ogilvy e um para McCann Health. De todos estes, “VR Vacina”, da Ogilvy para Hermes Padini, garantiu um Leão de Ouro e um de Prata em Pharma.

Mas a maior decepção foi em Innovation, com apenas um trabalho no shortlist: “Teatro para todos os ouvidos“, da Leo Burnett Tailor Made Para Samsung.

Veja abaixo o Ouro brasileiro, “VR Vacina”, da Ogilvy:

Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta