Publicidade: Alfa

Cintra & Claro: Coincidência? Tô dentro!

Cintra e Claro: Tô Dentro
Tô Dentro: Frame do comercial da Binder para Cintra e imagem do site da Claro.
Tô Dentro: Frame do comercial da Binder para Cintra e imagem do site da Claro.

Onze anos depois de a cerveja Cintra ter lançado uma campanha com a expressão “Tô Dentro”, assinada pela Binder, é a vez de a Claro voltar ao tema, em sua nova campanha, pela agência Talent Marcel.

A frase popular havia sido adotada pela cervejaria em sua campanha de verão, no finalzinho de 2006, numa criação do diretor de arte Edu Garretano e do redator José Francisco Tapajós, sob a direção de criação de Bob Gueiros.

Garretano, em conversa com a Janela, lembrou que o “Tô Dentro!” virou uma expressão de domínio público, vizinho de porta do inconsciente coletivo e foi beber no mesmo bar que a serendipidade. “Daí, acredito ser natural ir para o Anuário de Coincidências da Propaganda (oups, olha aí uma ideia 😉)”, brincou. Glaucio Binder, presidente da agência, acrescentou achar “uma coincidência absolutamente natural. Segmentos diferentes, muito tempo entre os dois esforços. Mas me deu saudade.”

"Tô Dentro", segundo a Drogaria São Paulo
“Tô Dentro”, segundo a Drogaria São Paulo

Este colunista confessa que adoraria descobrir quem,  no Brasil, usou pela primeira vez a expressão “Tô Dentro”. Terá sido uma piada? Um bordão de televisão?

Não faltam memes na internet com a expressão “Tô Dentro”, além da conhecida piada do “Sexo? Tô Dentro, Tô Fora, Tô Dentro, Tô Fora”. Em 2010, a agência 6P, de Ribeirão Preto, também entrou na brincadeira, com a campanha de Vestibular 2010 “Tô Dentro” para seu cliente Sabin. E, em 2011, a Drogaria São Paulo adotou o “Tô Dentro” para a campanha de doação de sangue “Tô Dentro. Solidariedade: leve essa ideia no peito”.

O "Tô Dentro" da 6P
O “Tô Dentro” da 6P

Na Talent Marcel, a criação da nova campanha da Claro foi de Daniel Leitão e Sleyman Khodor, com direção de criação de Eduardo Martins e Daniell Rezende. Todos criativos com extensa carreira de premiações. Para a Janela, Khodor garantiu que não tinha a menor lembrança da campanha da Cintra. E Eduardo Martins também se surpreendeu com a informação, alegando “total desconhecimento” do trabalho da Binder. E, lembrou que “Tô Dentro” é uma expressão popular. “É fácil de esbarrar com ela”, justificou.

Publicidade: Dinâmica Talentos

Marcio Ehrlich

Jornalista, publicitário e ator eventual. Escreve sobre publicidade desde 15 de julho de 1977, com passagens por jornais, revistas, rádios e tvs como Tribuna da Imprensa, O Globo, Última Hora, Jornal do Commercio, Monitor Mercantil, Rádio JB, TV S e TV E.
seta